quarta-feira, fevereiro 01, 2017

O bom exemplo de minha irmã

Minha irmã Beatriz (Neca) postou esta mensagem no Facebook em 2011, quando o ex-Presidente Lula estava em tratamento de câncer. Ela se identificou com a foto, pois já havia passado pela mesma situação. Só que, no caso dela, infelizmente, ela perdeu seu grande amor. Registrei o falecimento de meu cunhado aqui.

Agora, um dado crucial: minha irmã não é petista! Não é nem mesmo simpatizante do partido. Eu garanto isso a vocês. Nunca tivemos discussões acirradas sobre política porque ela é uma pessoa sensata, que entende e respeita como funciona uma democracia. Mas não gosta do PT. No entanto, quando viu a imagem de Dona Marisa, foi seu lado ser humano que falou mais alto. Ela podia não ter votado em Lula, mas se identificou com o sofrimento da ex-Primeira Dama. E fez questão de registrar sua solidariedade.

Lembrei disso, como vocês já podem imaginar, em razão da doença que Dona Marisa enfrenta agora. E as manifestações de ódio que chegam das mais diversas formas. Alguns, tentando disfarçar suas verdadeiras índoles, usam o hospital em que ela está internada como pretexto "politicamente correto" para extravasar seus venenos. "Por que não é atendida pelo SUS, blá blá blá..." O que mais me enoja é que muitos desses vermes posam de bons samaritanos nas horas vagas, disseminando mensagens de paz, amor, "Jesus no coração" e similares. Anunciam-se Cristãos, Católicos, Evangélicos, Espíritas, tementes a Deus em geral, mas em momentos como este, mostram suas reais faces. 

Minha irmã é Cristã, mas não costuma frequentar Igreja. De vez em quando até posta mensagens de cunho religioso, mas muito raramente. Em geral, procura divulgar o amor à vida, o otimismo e a luta por ser feliz. Desde 1997 ela sabe que tem HIV e segue o tratamento à risca. Mas o vírus não lhe tirou a alegria de viver. Neste ano ela vai ser bisavó e se sente abençoada por isso. 

Bem que minha mãe tentou fazer com que eu criasse o hábito de ir à Igreja. Não conseguiu. Não critico quem vai, mas acho que de nada adianta se, no dia a dia, a pessoa se comporta de forma inadequada. Se o seu verdadeiro "deus" é o dinheiro, um artista famoso ou ela própria. Acho que hoje todos de nossa família têm essa percepção de que o Cristianismo está nas atitudes, na postura e no amor ao próximo. Não tem nada a ver com visitar templos ou postar mensagens religiosas em redes sociais. A doença de Dona Marisa está fazendo muitas máscaras caírem. Mas minha irmã já há bastante tempo mostrou que tem classe, elegância e amor verdadeiro no coração. Tenho orgulho dela.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home