sábado, março 03, 2012

Tinta Neutra, o som pop de Novo Hamburgo

No final do ano passado, recebi um e-mail muito legal de Cesar Dieter, de Novo Hamburgo. Começou dizendo que também tinha estudado em um Pio XII, mas não o de Porto Alegre e sim um colégio marista da cidade dele. Como fazia pouco tempo que eu tinha feito uma citação ao filme "Tommy", ele aproveitou para comentar sobre outras produções marcantes dos anos 70, como "Terremoto" e "Inferno na Torre". Disse que achara o meu Blog procurando informações sobre Hermes Aquino. Por fim, apresentou-se como músico, integrante da banda Tinta Neutra, e anexou um longo texto narrando a trajetória do grupo.

A Tinta Neutra surgiu em 1976, em Novo Hamburgo, quando seus integrantes eram ainda adolescentes. A formação era: Lyonel Feltes Jr. na guitarra, teclados e vocal, César Dieter no baixo e vocal e Marcos Castilhos na bateria, percussão e vocal. Feltes e Dieter eram os compositores. Quatro músicas dessa época viriam a ser lançadas em compacto duplo de vinil independente em 1990: "Zero Zero Quase 7", "Menina Diferente", "Madame Jones" e "Alto Segredo".

Foto: Gilberto Winter

O grupo passou por alguns recessos, em especial na época de faculdade de seus membros, mas sempre acabava retomando o seu trabalho. Em 11 de maio de 1991 a Tinta Neutra tocou no terraço do Edifício Berta, em Novo Hamburgo, imitando o que haviam feito os Beatles durante a filmagem do longa metragem "Let it Be". Parte dessa apresentação pode ser encontrada no YouTube.
Em 1998, saiu o CD De Cada Lado, pelo selo Garimpo da gravadora gaúcha Acit. Ali a banda estava reduzida a uma dupla, que a partir de agora usava o nome artístico de Feltes e Dieter. Marcos Castilhos fez participação especial, mas veio a falecer antes do lançamento. Este CD me foi enviado por César Dieter para apreciação. O som pop e agradável do duo, marcado por teclados e ritmos dançantes, em alguns momentos me lembrou o trabalho de meu amigo Rogério Ratner, em especial na faixa-título, que é a primeira do CD. As 14 músicas são todas de autoria de Feltes e Dieter.
Foto: Renata Arteiro

Mas a banda Tinta Neutra está de volta, agora com uma formação de pais e filhos. Da esquerda para a direita, na foto acima: Lyonel Feltes Jr., Júlio Feltes, Gabriel Dieter e César Dieter. Vem trabalho novo por aí. E uma boa notícia para os colecionadores é que tanto o compacto duplo de vinil do Tinta Neutra de 1990 quanto o CD de Feltes e Dieter de 1998 ainda podem ser comprados diretamente dos músicos. Os interessados podem mandar um e-mail para:
cesdieter@gmail.com

1 Comments:

Blogger César Dieter said...

Olá Emílio,
Muito obrigado por tua matéria sobre a Tinta Neutra. Ficou muito legal e nos deixou muito felizes.
Nos vemos por aí...
Um forte abraço.
César e Lyonel

8:57 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home