sábado, dezembro 17, 2011

Verissimo na Playboy

A última Playboy brasileira traz uma entrevista com Luis Fernando Verissimo. O entrevistador começa dizendo que ele é um dos escritores mais citados na Internet e Verissimo interrompe dizendo que "a maior parte desses textos não é minha". Mas a afirmação mais incrível foi esta:

Também tem muita gente que fica brava quando eu digo que o texto não é meu: "Não? Como assim?!? É seu, sim! Foi você que escreveu!"

Eu e outros fãs do cronista já enfrentamos esse tipo de reação por diversas vezes. Esta é uma faceta curiosa do ser humano que eu descobri na Internet: a relutância em ver suas crenças desfeitas, mesmo diante de provas. Não é raro alguns se ofenderem. Deve ser algum trauma de infância associado ao Papai Noel. Mas duvidar do próprio autor chega às raias da burrice!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home