terça-feira, dezembro 13, 2011

Mandrialis canta autores gaúchos

Conheci o grupo vocal Mandrialis em 1997, cantando repertório da Jovem Guarda. Cheguei a escrever uma matéria a respeito para o International Magazine. Depois disso, o Mandrialis montou outra apresentação com tangos, boleros e músicas latinas em geral. Passados mais de dez anos, a formação mudou, mas o capricho nos arranjos continua o mesmo. Estas fotos são de 10 de dezembro, sábado, no Teatro de Câmara. O show Paisagens inclui somente compositores gaúchos.

Estava anunciada a participação de Nei Lisboa, mas, ao menos no sábado, ele não apareceu. Com isso, ficaram de fora "Pra Te Lembrar" e "Romance", que constavam no programa. Uma pena, pois eu adoraria conhecer o arranjo do grupo para essas duas músicas. Mas houve vários destaques, como "Pra Onde Ir" (do repertório do cantor Victor Hugo), "Lugarejo" (Giba Giba e Wanderley Falkenberg), "Navega Coração" (Kleiton e Kledir, aqui com solo do mesmo integrante que havia cantado "Sentado à Beira do Caminho" em 1997), "Nunca Diga" (da Graforreia Xilarmônica) e "Nuvem Passageira" (Hermes Aquino), entre outras.



Se não teve Nei Lisboa, em compensação Nélson Coelho de Castro participou, como anunciado. Ele, que agora se assume como um sambista, entrou no palco para uma animada interpretação da sua "Noite Vazou Encantada". A música foi ouvida novamente no bis, mais uma vez com o autor cantando junto, ensinando a letra para que a plateia fizesse o seu coro - "Mandrialis 2", como ele definiu, brincando. Longa vida ao ótimo Mandrialis. E o que estão esperando para lançar CD e DVD? Como prêmio de consolação, deveremos ter um especial da TVE, pois a equipe da emissora estava no teatro, gravando.




Aqui o bis com Nélson Coelho de Castro.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home