segunda-feira, novembro 30, 2009

Crônica do Kledir

Na Zero Hora de hoje, Kledir Ramil comenta a criação do "Dia de Kleiton e Kledir". Em função disso, gostaria de reivindicar os créditos "a quem de direito", como se diz. Quem teve a ideia do dia foi a fã Aline Mariano, de Brasília, que esteve recentemente em Porto Alegre e aparece nas fotos que publiquei aqui. Mas quem sugeriu a data de 22 de novembro fui eu. Eu já estava com planos de homenagear a dupla pelos 30 anos de "Maria Fumaça" no Festival da Tupi. Não lembrava o dia certo, mas sabia que tinha sido no final do ano. Assim que chegou o e-mail da Aline com a proposta, eu pensei: é pra já! Puxei da estante o livro "A Era dos Festivais", de Zuza Homem de Mello, e verifiquei o calendário do Festival da Tupi. Foi uma feliz coincidência que o dia estivesse próximo. Encaminhei a sugestão, a qual foi imediatamente aceita. E rendeu até uma festa virtual na data propriamente dita, que era um domingo. Com a participação especialíssima dos dois homenageados no chat.

É claro que outros, talvez os próprios Kleiton e Kledir, poderiam lembrar do aniversário de "Maria Fumaça" e do surgimento da dupla. Mas, casualmente, fui eu. E já percebi por outras experiências que muitas vezes os ídolos não lembram tão bem de detalhes de suas carreiras quanto os fãs.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home