quarta-feira, agosto 09, 2017

Perdas recentes na música

Eu respeito demais o trabalho do Luiz Melodia, mas lamento não ter me aprofundado na obra dele. Tenho o clássico Pérola Negra em CD, além de uma coletânea da série "A Arte de". Mas não só isso. No segundo semestre de 1979 eu, motorista novato e inseguro, ia de Fuquinha ("Fusquinha" para quem não é gaúcho) para a Faculdade ouvindo a Rádio Continental AM, frequência 1120, dando seus últimos suspiros junto com a década em que reinou absoluta nas ondas de Porto Alegre. Entre as músicas que tocavam bastante naquela época - "Realce" com Gilberto Gil, "Mama Can't Buy You Love" com Elton John, "Holiday" com Nazareth, "Medo de Avião" (a versão mais lenta, composta em parceria com Gil) de Belchior - estava "Bata com a Cabeça", de Melodia. Lembro bem da voz dele saindo daquele solitário alto falante à esquerda da direção: "Quem falou por mim que ao menos apareça..."
Antigamente a Som Livre oferecia um serviço interessantíssimo, que era o CD Personalizado. A gente podia escolher 14 gravações entre várias que estavam disponíveis de seu catálogo, inclusive muitas nunca relançadas em CD. Depois chegava o "MeuCD" exclusivo, com o nome do cliente impresso no rótulo - vejam acima. Fiz minha encomenda e, entre algumas raridades selecionadas a dedo, incluí a música de Luiz Melodia que tantas vezes me acompanhou no carro em 1979.
Outra grande perda para a música foi Glen Campbell. Já lutava contra o Alzheimer há alguns anos. Hoje foi dia de revisitar essa caixa de quatro CDs com clássicos do trabalho dele.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home