domingo, agosto 06, 2017

Kraftwerk em 3D e surround

Enquanto alguns afirmam que a TV em 3D está com os dias contados (em especial vendedores, para justificar a indisponibilidade do produto), continuam saindo Blu-rays com esse recurso, inclusive no Brasil (como, por exemplo, "LEGO Batman, o filme" e "Kong: a Ilha da Caveira"). Mas o título que comentarei a seguir é importado.
"Kraftwerk 12345678" é uma das muitas configurações do mais recente lançamento do Kraftwerk. Ao contrário do excelente DVD "Minimum - Maximum", de 2005, aqui não se ouve ruído de público. As gravações foram feitas em diversos shows da última turnê da banda alemã. Mas, fora algumas tomadas curtas em que uma plateia aparece discretamente na parte inferior da tela, não há qualquer vestígio de que se trate de um registro ao vivo.
Na verdade, as apresentações serviram de matéria-prima para novas versões de todos os álbuns do Kraftwerk a partir de Autobahn remixadas para 5.1. Quem quiser o material completo terá que investir uma quantia pesada na edição de quatro Blu-rays intitulada The Catalogue. Por enquanto, tive que me contentar com este Blu-ray simples (o pacote inclui também um DVD) que pode ser visto em 3-D ou, para quem não dispõe do recurso, em 2-D. Embora eu seja fã incondicional de terceira dimensão, como já comentei aqui várias vezes, garanto que os fãs do grupo terão uma bela experiência mesmo com imagens bidimensionais (como as que fotografei diretamente da tela da TV para postar aqui).
Com a saída de Florian Schneider em 2008, Ralf Hutter é agora o único remanescente da formação original do Kraftwerk. Os outros três são Fritz Hilpert, Henning Schmitz e mais novo membro Falk Grieffenhagen. O grupo começou como uma dupla, criando sons eletrônicos em formas mais livres, até usando flauta ocasionalmente. Com o tempo, evoluiu para o formato de quarteto produzindo sólidos blocos sonoros com contornos bem definidos.
As músicas neste Blu-ray são "Autobahn", "Radioactivity", "Trans-Europe Express", "The Man-Machine", "Computer World", "Techno Pop", "The Robots" e "Tour de France". O que se vê na tela a maior parte do tempo são animações em computação gráfica (como em "Autobahn"), mas também alguns filmes em "Tour de France". Prepare seu home theater e reserve uma hora e 16 minutos de seu tempo para imersão nesta bela viagem audiovisual.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home