quinta-feira, março 03, 2016

Stones em Porto Alegre: rock and roll até debaixo d'água

Quando, pontualmente às 9 da noite de ontem, os Rolling Stones entraram no palco do Beira-Rio, em Porto Alegre, meu primeiro pensamento foi: este será o melhor show de minha vida. Eles abriram com a clássica "Jumpin' Jack Flash" e eu me senti surpreendido pela energia da banda. Mas depois o repertório não manteve o mesmo pique, ao menos por um tempo. De forma alguma achei o show fraco ou decepcionante, mas é a velha questão de querer ouvir as músicas preferidas. 
A segunda foi "It's Only Rock and Roll (But I Like It)" e aqui a chuva começou. Por sorte eu tinha levado capa, mas o fato de estar nas cadeiras inferiores não me protegeu, como eu imaginava. Sentei na segunda fileira e ali a água caía direto. E foi ficando cada vez mais forte. Nem o palco escapou. Mas o público procurou manter o astral, pulando e dançando enquanto se molhava.
Seguiram-se "Tumbling Dice" e "Out of Control". Quando Mick Jagger anunciou em português "a música que vocês escolheram" eu fiquei na torcida, mas a vencedora foi "Let's Spend the Night Together". Nada contra, mas acho que "Street Fighting Man" teria mais vibração para mexer com a galera. Outro desapontamento foi que eles não apresentaram "Wild Horses" ou "Angie". A "romântica" da noite, como dito em português por Mick Jagger, foi "Ruby Tuesday", outro clássico dos primeiros tempos.
Mais duas antológicas na sequência: "Paint it Black" e "Honky Tonk Women". O guitarrista Keith Richards teve o seu momento de vocal solo em "You Got the Silver" e "Before They Make Me Run". Depois de "Midnight Rambler" o show voltou a crescer com "Miss You", "Gimme Shelter" (ótima, com participação da vocalista de apoio), "Start Me Up", "Sympathy for the Devil" e "Brown Sugar". Aqui foi o "fim falso", mesmo assim muitos na pista começaram a sair do Beira-Rio. Sem demorar muito, o grupo voltou para o bis: "You Can't Always Get What You Want", com as vozes femininas do coral da PUC/RS, e a assinatura obrigatória com "(I Can't Get No) Satisfaction". Obrigado a Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Charlie Watts e demais músicos e cantores por este momento histórico. 

5 Comments:

Blogger zealfredo said...

Teu blog deveria ter o "curtir" do Facebook, ou o "G+" do Goolgle, ou o "Tweet It" do Twitter.

2:14 PM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Houve uma época em que ele até teve algo assim, não lembro bem como era. Mas prefiro que os visitantes ESCREVAM e comentem!

2:16 PM  
Blogger zealfredo said...

Ok.
Então vou emular isso no próximo comentário.

2:23 PM  
Blogger zealfredo said...

Gostei!

2:23 PM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Eu gosto de usar a Internet para escrever bastante, não para transmitir mensagens sintéticas e, em alguns casos, não verbais. Isso remete a dois textos antigos do blog:

http://emiliopacheco.blogspot.com.br/2005/02/as-emoticonsilbicas.html

http://emiliopacheco.blogspot.com.br/2006/08/aff.html

2:38 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home