quarta-feira, março 06, 2013

Elton John em Porto Alegre ontem


Esta turnê de Elton John é para comemorar os 40 anos da música "Rocket Man". Então, de certa forma, também celebra os 40 anos em que eu o descobri. Eu tinha 12 anos quando virei fã. Mas as músicas que realmente me fisgaram foram "Skyline Pigeon" e "Crocodile Rock", quase ao mesmo tempo. A primeira eu ouvi por acaso em uma loja de discos da Galeria do Rosário e comprei na hora, com o dinheiro da minha mesada. Era o compacto duplo "4 Top Hits From England". Além de incluir a letra (a segunda que decorei em inglês na minha vida - a primeira foi "Tell Me Once Again" do grupo brasileiro Light Reflections), a contracapa anunciava também o LP "Don't Shoot Me, I'm Only The Piano Player", que eu viria a comprar alguns meses depois. Esse era o álbum que tinha "Crocodile Rock", que de qualquer forma eu já conhecia do LP internacional da novela "Uma Rosa Com Amor". E depois "Skyline Pigeon", que era um obscuro lado B de single na Inglaterra, entrou na trilha da novela "Carinhoso" (acrescida dos efeitos especiais incluídos originalmente na coletânea "Sua Paz Mundial", também da Som Livre) e acabou virando sucesso somente no Brasil.
Em julho de 1974, fui aos Estados Unidos pela primeira vez. Em Miami, na loja de departamentos Burdines na Flagler Street, o setor de discos trazia o LP "Caribou" em ampla exposição na parede, vários exemplares lado a lado. Era novidade. Decidi comprá-lo. Para minha decepção, chegou às lojas de Porto Alegre uma semana depois da minha volta de viagem. Mas o disco não era dos melhores. Gostei de "Pinky" e do rock "The Bitch is Back". Até foi surpresa pra mim descobrir depois que a faixa de trabalho era "Don't Let The Sun Go Down on Me", que foi destacada na capa da edição nacional.
O show de Elton, ontem, no Estádio do Zequinha, começou às 9 e 15 da noite justamente com "The Bitch is Back". As outras músicas, não necessariamente nesta ordem, foram: "Bennie and the Jets", "Grey Seal", "Levon", "Tiny Dancer", "Mona Lisas and Mad Hatters", "Philadelphia Freedom", "Funeral for a Friend/Love Lies Bleeding", "Sad Songs (Say so Much)", "Rocket Man", "Goodbye Yellow Brick Road", "Don't Let The Sun Go Down on Me", "Daniel", "Hey Ahab", "Candle in the Wind" (com a letra original sobre Marilyn Monroe), "Believe", "The One", "Sorry Seems to Be The Hardest Word", "I'm Still Standing", "Skyline Pigeon", "Crocodile Rock","Saturday Night's Alright for Fighting" e, no único bis, "Your Song". Nas costas da jaqueta azul cintilante usada por Elton, apareciam os dizeres "Madman Across The Water", com o mesmo tipo de letra da capa do LP de 1971. Na banda estavam, entre outros, os veteranos Nigel Olsson na bateria e Davey Johnstone na guitarra. Um coral de vocalistas negras dava um toque soul/gospel aos arranjos.
E aqui um vídeo com o começo do show. Ouçam bem e escutarão uma voz a mais cantando junto...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home