quarta-feira, junho 01, 2011

O show de Alice Cooper em Porto Alegre

Não quis levar minha máquina Canon para o show de Alice Cooper, no Pepsi on Stage, porque imaginei que vigoraria a tradicional restrição: somente câmeras compactas. Então fui com a minha Sony. Só que ela é péssima para fotografar shows. Então achei melhor usá-la para gravar trechos em vídeo e montar um "compacto" do show, aproveitando que agora a minha conta do YouTube permite vídeos mais longos. O resultado vocês veem ao final, depois deste comentário.

Quando cheguei ao local, o show de abertura já tinha começado com a veterana Rosa Tattoada. A banda gaúcha de heavy metal foi uma escolha certeira. O público a recebeu bem e vi várias pessoas cantando junto algumas músicas.

A estas alturas o repertório do show de Alice já deve estar sendo divulgado furiosamente em redes sociais. Gostei que ele cantou "Hey Stoopid", que não aparece em nenhum dos DVDs oficiais. Outra inclusão recente foi "Clones (We're All)", da fase new wave de 1980. Quando se ouviram os primeiros acordes de "Poison", fiquei surpreso de descobrir que não sou só eu que adoro a música. Lembro quando a ouvi pela primeira vez, no vídeo do show "Trashes the World". Achei que era uma canção pop tipo ABBA ou Roxette, mas com peso nas guitarras (nada contra, eu gosto das duas bandas suecas). Pelo visto, os fãs aprovam.

Um momento de destaque foi quando Alice retornou ao palco depois do solo final de "Halo of Flies" e ficou de costas para a plateia, mostrando que, atrás de seu casaco, estava escrito "NEW SONG" (música nova). Pelo refrão já dava pra imaginar o título, mesmo assim ele tirou o casaco durante a segunda parte e, nas costas da camiseta "ensanguentada", aparecia: "I'll Bite Your Face Off". Quem esperava ouvir as baladas mais comerciais da segunda metade dos anos 70, decepcionou-se: somente "Only Women Bleed" foi apresentada.

Foi minha primeira vez no Pepsi on Stage e, como já tinham me avisado, a acústica é péssima. Mas não importa, sou fã de Alice desde os 12 anos e curti cada momento do show. Os clássicos apresentados foram tantos que nem dá pra reclamar do que ele não cantou: ouviram-se "I'm Eighteen", "Billion Dollar Babies", "No More Mr. Nice Guy", "School's Out" (incorporando um trecho de "Another Brick in The Wall", do Pink Floyd, que Alice já cantara em Porto Alegre em sua participação no British Rock Symphony em 2000) e, no bis, "Elected". Alice é um caso curioso de artista que praticamente nunca mudou, mas não perdeu o respeito da crítica. Sempre de cabelos compridos e couro preto, ele continua o velho Alice Cooper de sempre. E por isso é tão adorado por fãs novos e antigos (perto de mim estavam um senhor que devia ter 70 anos, mais ou menos, e um menino gordinho de aproximadamente 13, o garoto, no caso, cantando junto em "School's Out").

Enfim, como anunciei acima, aqui está um "compacto" de 25 minutos do show. Divirtam-se:

4 Comments:

Anonymous Elizane said...

Shoe fodástico!!!! Emílio, será que vc tem como disponibilizar em um servidor pra baixar o video? o keepvid não consegue converter do youtube e fica dando erro. Adoreeeei o show, curto o Alice desde os 13 anos! Faz essa pa nóis?
Valeeeu!!

9:01 AM  
Blogger Júlio Ramone. said...

O tipico show que eu fico em casa me contorcendo de raiva por não poder ter ido... uma pena...

8:48 PM  
Blogger Júlio Ramone. said...

O tipico show que eu fico em casa me contorcendo de raiva por que não pude ir... uma pena...

8:50 PM  
Blogger El Thomazzo said...

Justo esse mês estou sem grana nenhuma, por 'culpa' da mudança... vou ter que me contentar com os DVDs... obrigado por pelo menos ter me dado um gostinho do show!!!

7:33 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home