sábado, julho 15, 2006

Hallai-Hallai



Um dos grupos mais geniais surgidos no movimento musical gaúcho do programa de "Mr. Lee" (o radialista Júlio Fürst), que marcou época na saudosa Rádio Continental AM em 1975 e 1976, foi o Hallai-Hallai. A combinação de vozes e violas que eles faziam era simplesmente mágica. Uma das primeiras músicas deles que lembro de ter ouvido foi "Tributo aos Beatles", que ainda não era o melhor do grupo. Mas logo vieram "Cowboy", "Sou lá do Sul", "Rei" e uma intepretação linda, perfeita, de "Quando Viajar Pro Norte", de Fernando Ribeiro e Arnaldo Sisson. Em 1976 um espectador de outro estado que assistiu ao terceiro concerto "Vivendo a Vida de Lee" disse que eles tinham o melhor vocal do Brasil. No mesmo ano, o empresário e produtor Luiz Mocarzel, que já tinha levado Hermes Aquino para a Tapecar, veio novamente a Porto Alegre e anunciou a contratação de dois grupos: Hallai-Hallai e Inconsciente Coletivo. O que aconteceu depois não se sabe, mas o compacto do Inconsciente chegou a sair, enquanto nada mais se ouviu falar do disco do Hallai-Hallai.

Com o fim do programa de Mr. Lee, o movimento se dispersou e perdeu força. Muitos nomes daquela época sumiram ou deram um tempo. Assim, foi uma surpresa quando, em 1983, o Hallai-Hallai reapareceu com o clip de "Segurando o Vento" no segmento local do "Fantástico", que hoje não é mais produzido. Em seguida saiu esse compacto independente que aparece acima, gravado em 16 canais no estúdio da Isaec. Não é um mau disco, mas não chega nem perto do que o grupo fazia nos tempos de Mr. Lee. Já em 1986 surgiu a chance de lançar um LP pela 3M. Talvez para não serem confundidos com o Hanói-Hanói, encurtaram o nome para "Hallai". Mas foi um período da música brasileira em que o som acústico estava em baixa, substituído pela sonoridade pasteurizada dos teclados. E o Hallai acabou perdendo uma de suas características mais marcantes, que era as violas em destaque. A revista Bizz, numa citação rápida, comparou o grupo ao Roupa Nova. Nem mesmo a gravação de "Cowboy", clássico dos tempos de Mr. Lee, conseguiu recriar o velho clima. O Hallai não durou muito depois disso. Nem a 3M no Brasil como gravadora.

Separei mais alguns compactos raros para digitalizar e, de tempos em tempos, irei mostrá-los e comentá-los aqui.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home