sábado, maio 13, 2006

Da série "depois dizem que não tenho paciência"

Apesar dos meus avisos, o "moderador fantasma" do Orkut continua recebendo mensagens em seu mural. Uns elogiam a comunidade que "ele" criou (fiquei com preguiça de verificar se era a do chimarrão, a do Death metal, a do "cine en castellano", a do Papai Noel em vários idiomas mas não português, a do Grêmio, a do Inter, a de Barcelona com apresentação em inglês, etc.), outros pedem que inclua tal comunidade como relacionada em uma das mais de 70 que estão sob seu comando, outros imploram para que ele faça alguma coisa por uma das muitas comunidades dele que viraram um caos. Claro que ele nem vai ler, que dirá responder. Além de tudo o que já citei no post anterior (ver mais abaixo), o perfil dele não diz nada. Eu, pelo menos, quando criei o meu perfil, procurei dar um mínimo de informações que permitissem ao visitante saber quem eu sou.

Pois bem: ontem dei uma examinada no mural do moderador fantasma e aproveitei para escrever para algumas pessoas que entraram lá na inocência, alertando de que se tratava de um ladrão de comunidades e não um moderador de verdade. Um dos que recebeu o meu alerta hoje entrou no meu mural e perguntou, curto e grosso:

- Quem é você?

Será que ele não sabe entrar no perfil e ler? Engraçado que o moderador ele não se preocupou em saber quem era.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home