quinta-feira, junho 22, 2017

Paulo Brody

Acabo de saber pelo Facebook da esposa dele, a atriz e diretora de teatro Jaqueline Pinzon, que faleceu meu grande amigo Paulo Brody. Paulo foi meu primeiro "amigo musical", por assim dizer. Tínhamos em comum também o gosto por aprender inglês e ler histórias em quadrinhos. Se quisesse, Paulo poderia ter sido tradutor (professor de inglês ele até foi) ou crítico de música. Conhecimento não lhe faltava e escrevia muito bem. Mas preferiu o teatro. Havia algum tempo que não nos falávamos, mas eu estava com saudade dele e queria muito conversar com ele sobre os acontecimentos recentes na política. Ele me conheceu quando eu era ainda alienado e isso criava um desnível no começo, pois eventualmente ele queria falar sobre assuntos que não me interessavam. Lembro, por exemplo, da indignação dele quando o Presidente Figueiredo criou o voto vinculado. Mas depois eu consegui "alcançá-lo" pelo menos um pouquinho. Nosso amigo comum Rogério Ratner o considerava "um gênio". Nunca vou esquecer a festa de aniversário que Paulo e sua esposa fizeram para mim num momento complicado da minha vida. Triste perda. Ele era mais jovem do que eu. A foto acima é de 2006.

P.S.: Cliquem aqui para ler todas as postagens em que eu já tinha citado o Paulo aqui no Blog.

3 Comments:

Blogger Luiz Bonow said...

Lembro do Paulo quando foi fazer uma paixão de Cristo anarquista, nas dunas da Lagoa da Conceição, em 1984, com vinte anos. Lá pelas tantas, ele inventou de fazer alguma citação casual de Hobbes enquanto a emissora de TV estava por lá. O organizador do evento, Wilson Rio Apa, gostou e falou para ele dizer aquilo na entrevista. Depois de tudo concluído, ele me falou: "Eu nunca imaginei na vida que iria ser entrevistado sobre Hobbes para uma TV catarinense!".

10:17 AM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Se alguém me perguntasse sobre Hobbes eu talvez respondesse: "Não gosto de usar, prefiro me vestir logo ou ficar de pijama".

7:34 PM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Depois eu diria: "Ah, agora entendi, você quer saber os meus HOBBIES! Gosto muito de ler e ouvir música!" A verdade é que o Paulo sempre teve uma cultura imensa, já desde que o conheci. Ele tinha 15 anos e eu, 18.

4:10 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home