sexta-feira, maio 13, 2016

Show de lançamento do CD de Rogério Ratner

Finalmente chegou o tão esperado lançamento do CD de Rogério Ratner, Canções para Leitores. É no dia 14 de maio de 2016, sábado, às 19h na Livraria Cultura (Bourbon Shopping). A entrada é franca. Participação especial de Monica Tomasi, Karine Cunha, Rafael Brasil, Ana Krüger, Lúcia Severo e Dudu Sperb. Banda: Ciro Moreau (guitarra), Mário Carvalho (baixo), Luiz Mauro Filho (teclado) e Ronie Martinez (bateria). 

O projeto de Rogério teve uma longa gestação, com início em 2005. Sua ideia era musicar letras de poetas riograndenses de renome. Ao mesmo tempo, convidou cantores para fazer participações especiais. Então o que temos são parcerias com Martha Medeiros, Letícia Wierzchowski, Fabrício Carpinejar, Ricardo Silvestrin, Ronald Augusto, Paula Taitelbaum, Arnaldo Sisson, Celso Guttfreind, Cíntia Moscovich e, em meio a esses nomes todos, o meu, com muita honra. Rogério é um grande amigo e o convite dele para entrar nesse camarote VIP foi um presente maravilhoso.

É impossível para mim comentar esse CD com isenção, mas adorei o resultado. Entre os intérpretes, chama a atenção a presença da saudosa Adriana Marques, a "Cat Milady" da peça "Rádio Esmeralda", falecida em 2009. Rogério já tinha tido a felicidade de entrevistá-la para o seu programa Paralelo 30, da rádio on-line Buzina do Gasômetro, e agora nos brinda com uma gravação inédita da moça. Ela interpreta "Uma canção antiga",  com letra de Ronald Augusto. Essa é uma das parcerias para as quais Rogério criou uma balada, começando em notas mais baixas e subindo progressivamente. As outras são "Dizer quem sou, não sei", com letra de Martha Medeiros e vocal de Ana Krüger, "Buraco", em versos de Paula Taitelbaum cantados por Lúcia Severo, "Uma palavra a mais", poema de Fabrício Carpinejar com vocal de Dudu Sperb e piano de Michel Dorrfman, e "Uma palavra pra cada coisa", letra de Letícia Wierzchowski na voz de Karine Cunha. Os arranjos de Ciro Moreau mudam em cada música, garantindo uma bela diversidade. 

Rogério sempre gostou de compor blues ocasionalmente e foi o que fez em duas faixas que ele mesmo canta: "Bach em Lupicínio", com letra de Celso Guttfriend, e "Diz com jura", parceria com Cíntia Moscovish. "O que você quer", com letra de Ricardo Silvestrin, é interpretada por Mônica Tomasi em clima de "power ballad". O músico guardou para o final aquela que é provavelmente a minha preferida: "Qualquer caminho", com letra de Arnaldo Sisson, na voz do próprio Rogério (sua melhor interpretação no CD e uma das melhores de seus três álbuns). É uma balada soul com uma certa influência de gospel, uma bela mensagem de ânimo e iniciativa: "Vem, deixa teu ninho, um mundo te aguarda! / Mas se não tens alegria, não é por aí!" 

O que dizer de "Elektranight", que é a minha participação no CD? Achei que recebeu um tratamento do tipo "melhor, impossível" por todos os demais envolvidos. A melodia é bem o que a letra pedia, simples e ganchuda. A voz do cantor Rafael Brasil ficou perfeita. E, por cima disso tudo, o multi-instrumentista Ciro Moreau criou um arranjo maravilhoso, cheio de pequenos detalhes de violão e guitarra que entram nos momentos certos. Ficou uma canção pop com influência de Ritchie e Kid Abelha. 

Um aspecto que estranhei foi a capa do disquinho. Nos dois primeiros, Rogério colocou fotos. Desta vez, a imagem é essa que aparece aí em cima. Enfim, se os Beatles têm o seu álbum branco, por que Rogério Ratner não pode lançar o seu CD azul? Obrigado, Rogério, por me convidar para esse belo projeto. Agora é conferir o show de sábado. Todos lá!
P.S.: Minha parceria com Rogério até já tocou na Itapema FM, abrindo o programa de Júlio Fürst. Pena que perdi. Quem diria que um dia eu teria uma letra minha divulgada por "Mr. Lee"! Vejam abaixo (a página original está aqui).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home