segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Farsas requentadas

Sabem qual é a principal diferença entre a Internet e os meios de comunicação de massa que existiam antes? Observem que usei a qualificação "de massa". Não sei se a Internet é "oficialmente" classificada dessa forma, mas é o que vem a ser na prática.

A principal diferença é que a Internet está na mão de qualquer um. Casualmente eu sou formado em Jornalismo e procuro divulgar informações de forma responsável aqui no Blog. Mas, mesmo que eu não fosse, poderia estar aqui, disseminando de tudo um pouco neste espaço. E os e-mails também circulam furiosamente de PC em PC sem que muitas vezes conheçamos sua origem, se é confiável ou não.

A imprensa, que dispõe de meios de comunicação antigos e tradicionais, assume a responsabilidade pelo que divulga. E paga um preço por seus erros. Mas a Internet é de todos. E essa é uma diferença que, infelizmente, muitos ainda não perceberam. Estamos todos condicionados a aceitar como verdadeiro tudo o que aparecer numa telinha.

A credulidade inesgotável dos internautas é algo que já me impressiona há tempos. O que observo agora é a reincidência de informações falsas, que ressurgem das cinzas como verdadeiras fênix internéticas.

No ano passado, por ocasião do Big Brother Brasil 10, começou a circular um texto fazendo uma crítica ferina ao BBB, com a assinatura de... Luis Fernando Verissimo! O próprio tratou de desmentir a autoria em uma crônica intitulada "
Outro você". Pois foi só iniciar o BBB 11 e novamente o "Falsíssimo" foi desenterrado para ser repassado indiscriminadamente por e-mail e republicado em blogs. Mais uma vez o "inocente útil" se manifestou, desta vez sob um título bem mais direto: "Não é meu". Se houver BBB 12 (vã esperança minha que não haja...), será que a história vai se repetir?

Também em 2010, recebi um e-mail dizendo que aquele seria um ano especial, pois em outubro haveria cinco sextas-feiras, cinco sábados e cinco domingos. Até aí, nada extraordinário. Mas a seguir vinha a informação de que isso só acontecia uma vez a cada 823 anos. Ora, mesmo que eu não dispusesse de um razoável raciocínio matemático, lembrava bem que já havia testemunhado mais de uma sexta-feira 13 de agosto. Se essa combinação de dia, mês e dia da semana já se havia repetido mais de uma vez em minha existência, como um calendário poderia ocorrer somente a cada 823 anos? Com efeito, o e-mail era falso. Essa mesma configuração de datas já ocorreu em 1999 e muitos outros anos anteriores.

Transcorrido um ano, circula agora outro e-mail dizendo que 2011 será um ano especial, pois desta vez em julho teremos cinco sextas-feiras, cinco sábados e cinco domingos. E que isso só ocorre a cada 823 anos, que anos assim são conhecidos como "money bag" (sacos de dinheiro) e por isso são propícios ao enriquecimento.

De novo!

Pesquisando para este comentário, vim a saber que, no ano passado, Ana Maria Braga divulgou a peculiaridade do mês de outubro como sendo algo raro, exatamente como constava no e-mail. Isso me surpreende, vindo de uma apresentadora que sempre primou pela fidedignidade de suas informações. Especialmente quanto à autoria das mensagens que ela lê em seu programa.

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Perfeito, Emilio. Cheguei aqui por indicação da página "Porto Alegre personagens", do Facebook. Como uma coisa puxa outra, acabei caindo no falso texto do "LFV" sobre o BBB. Essa história, na verdade, começou em 2009.
Também já cansei de desmentir a enganação dos meses com 5 semanas, além de outras bobagens que se recebe por email.
Vou virar teu leitor e, se quiseres, dá uma olhada no meu blog: coisasdoaldo.blogspot.com.
Um abraço.
(não tÕ conseguindo postar com a conta do Google, então vai como anônimo)

6:32 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home