quinta-feira, abril 01, 2010

Discófilos e audiófilos

[Hoje dei uma folheada em antigos exemplares do International Magazine onde constavam minhas primeiras colaborações. Bons tempos. Revivi a emoção de ver meu nome creditado como autor das matérias. Decidi transcrever aqui um de meus textos preferidos. Saiu no IM nº 22, em um mês qualquer de 1995. Resisti à tentação de atualizá-lo. Vai aqui tal e qual foi publicado na época. Até porque, em muita coisa, permanece atual.]

Os fanáticos por música podem ser divididos em duas categorias: discófilos e audiófilos. Talvez sejam poucos os que possuem características exclusivas de uma ou outra definição, mas sempre existe uma tendência. É curioso que ambos tenham essa grande paixão em comum, mas sejam tão diferentes. Você é um discófilo ou audiófilo? Confira a seguir.

O discófilo, como diz o nome, é o colecionador de discos. Seu quarto está transbordando de LPs, compactos e CDs. Quanto mais ele tenta se organizar, mais se vê colocando discos sobre a estante, na mesa, na cadeira, no sofá e até no chão. Seu equipamento de som é o mesmo há cinco ou dez anos e está instalado de forma improvisada: uma caixa em cima do armário, outra virada para a parede, o amplificador num buraco qualquer. Um dia ele pretende melhorar a aparelhagem. Mas isso nunca vai acontecer, pois todo o dinheiro miúdo que sobra é imediatamente convertido em CDs. O graúdo, quando aparece, vai em boxed sets ou mais CDs.

O audiófilo é o entusiasta dos equipamentos. Tem uma sala reservada como estúdio de som, com os aparelhos brilhando de tão conservados - ou porque foram comprados ontem. Cada detalhe da acústica foi rigorosamente planejado. O sistema inclui todos os módulos possíveis e imagináveis: pré, power, equalizador, subwoofer e o escambau. A potência é cerca de dez vezes maior do que a necessária para o ambiente. Discos? Uma quantidade razoável. Via de regra, o audiófilo ouve sempre os mesmos, para testar equipamentos novos.

O discófilo é jovem - ou aparenta ser - e se veste à sua maneira. Pode ter um visual meio exótico, neo-hippie, punk, yuppie ou nerd. Vive de mesada ou salário. O audiófilo tem mais de 30 (em alguns casos, bem mais), traja roupas impecáveis (visual clean), é empresário ou profissional liberal.

O discófilo acha que o audiófilo é um esnobe que adora ostentar o luxo de seus equipamentos, mas não entende nada de música. O audiófilo considera o discófilo um desleixado que só acumula discos, sem investir na melhor forma de desfrutá-los.

O audiófilo eclético ouve jazz, música clássica, new age, orquestras e Frank Sinatra. O discófilo eclético gosta de punk, heavy metal, grunge, hard rock, progressivo, pop e MPB.

O único disco que o audiófilo e o discófilo ouvem juntos é "The Dark Side of The Moon", do Pink Floyd. Mas a experiência de cada um é diferente. O audiófilo chama a atenção para a resposta do subwoofer aos graves durante as batidas de coração em "Speak to Me". O discófilo quase grita junto antes de começar "Breathe". O audiófilo observa o voo de helicóptero de um canal para o outro em "On The Run". O discófilo comenta que "Time" é cantada primeiro por David Gilmour, depois por Rick Wright. O audiófilo diz que a cantora de "The Great Gig in The Sky" tem boa voz, mas não precisava se esgoelar tanto. O discófilo ouve o baixo em "Money" e lamenta que Roger Waters tenha saído do Pink Floyd. O audiófilo encerra a conversa dizendo que não ouve muito o resto do disco e o discófilo se indigna por ele estar perdendo "o principal", que são as músicas em homenagem a Syd Barrett.

Difícil mesmo é quando o discófilo e o audiófilo são apresentados em uma festa. O anfitrião, ingênuo, pensa que eles são almas gêmeas. Com uma mão no ombro de cada um, tenta enturmá-los:

- Fulano, este aqui é o Beltrano, que também é louco por música. Acho que vocês vão se dar bem.

E o Fulano, discófilo, pergunta:

- É mesmo? Que tipo de música você ouve, Beltrano?

- Qualquer tipo. Que equipamento você tem, Fulano?

- Um toca-disco a laser. Mas quantos discos você tem?

- Ah, vários, Mas você não entendeu a minha pergunta. Qual a marca do seu amplificador, quantos watts, que tipo de equalizador você usa?

- Tenho só um amplificador, não uso equalizador. Mas quais os discos que você mais ouve?

- Ouço de tudo: orquestras, música clássica...

- Não gosta de rock?

- Alguma coisa dos Beatles e Pink Floyd.

- É mesmo? O que achou do último do Pink Floyd?

- Qual é o último? "The Wall"?

- Não!!! Esse é de 79!

- Não sei qual é. Não tenho tido dinheiro para comprar muitos discos ultimamente. Comprei um receiver Dolby Pro-Logic com subwoofer...

- O que é isso?

- Não sabe???

A conversa termina quando um dos dois for salvo por um terceiro que interrompa para perguntar as horas, onde é o banheiro, há quanto tempo, qualquer coisa!

3 Comments:

Blogger Cris Carriconde said...

discófila forever!!!

7:19 PM  
Blogger Thiago Melo said...

Muito, muito boa, adorei o esclarecimento, não poderia ser explicado de melhor forma!

6:54 AM  
Blogger Fernanda said...

Audiófila forever!

5:40 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home