quarta-feira, janeiro 23, 2008

As duas estréias de André Damasceno

Conheci André Damasceno antes da fama, como já contei aqui. Em 1978 eu tinha mania de imitar meus professores do cursinho pré-vestibular e um colega vivia dizendo: "Quem imita bem mesmo é o meu irmão, ele não faz só a voz, ele diz o que a pessoa diria na situação..." Até que um dia o tal irmão começou a fazer shows. E teve sua participação anunciada no programa RBS Revista em 1986. Este quadro foi ao ar uma semana antes daquele em que André, brincando, "previu" que o Inter seria Campeão do Mundo em 1986. Que eu saiba, esta foi a primeiríssima aparição dele na TV. Já tinha feito algumas participações em rádio.



Sete anos depois, em 1993, André estreou para todo o Brasil na Escolinha do Professor Raimundo, de Chico Anysio:

O Magro do Bonfa era um raro personagem de criação própria que André encarnava em seus shows, em meio a imitações de personalidades famosas. Muitos anos depois ele mudou o nome para Gaúcho do Bonfa, já que os não-gaúchos não conseguiam entender como alguém tão, digamos, reforçado podia ser chamado de "Magro". Essa foi uma gíria criada pelo radialista Cascalho (Antônio Carlos Contursi) nos anos 70, quando trabalhava na Rádio Continental de Porto Alegre. De tanto chamar os ouvintes de "magrinhos" ou "magros", o termo acabou pegando no Rio Grande do Sul. Virou sinônimo de "cara" ou "malandro", não importando o peso. Já o bordão "não me faz de pegar nojo" havia sido o refrão da música "Só Não Me Faz", lançada pelo grupo gaúcho Discocuecas: "Só não me faz... só não me faz te pegar nojo, não me faz..." Mesmo que Damasceno tenha usado a frase apenas como um recurso, sem intenção de citar a música, seria praticamente impossível que não a conhecesse. Segundo os próprios Discocuecas, foi uma citação do publicitário Marcos Fróes que eles aproveitaram.


Observem que a imitação de Lula é praticamente a mesma que ele faz até hoje nos shows. E o fato de chamá-lo de "ex-futuro Presidente" nos faz pensar se não há mesmo qualquer coisa de premonitório em suas caricaturas.

E já que o assunto é André Damasceno, não custa lembrar este vídeo que literalmente correu o mundo, mas foi descoberto e lançado por este blog: o da "profecia", claro!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home