domingo, fevereiro 18, 2018

Deja Vu

Essa incrível pérola do Noblat me transmite uma assustadora sensação de "deja vu". No tempo da ditadura, a imprensa brasileira também se apresentava como a "única certa" para falar do que acontecia no Brasil. Todas as notícias que se publicavam no exterior sobre nosso país, em especial as denúncias de tortura, repressão, censura e tolhimento de liberdades, não passavam de informações caluniosas e difamatórias. Vejam o que escreveu Luis Fernando Verissimo na Folha da Manhã em 30 de julho de 1970:
Essa foi uma das crônicas que renderam a Verissimo uma citação em relatório do SNI, como descobriu o jornalista Lucio Haeser em suas pesquisas para o livro "Continental, a Rádio Rebelde de Roberto Marinho", lançado em 2007.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home