sábado, julho 02, 2016

Coletânea histórica de David Bowie

Hoje tive a surpresa de ver na loja a coletânea ChangesOneBowie, de David Bowie, num CD em capinha de "mini-LP". É a primeira vez que esse álbum é relançado em sua configuração original desde que a RCA perdeu os direitos sobre os fonogramas do cantor. A Rykodisc editou uma versão adaptada e expandida em 1990 intitulada ChangesBowie. Agora a Parlophone resgata o disco exatamente com a mesma capa e lista de músicas para comemorar os 40 anos do LP.
Essa foi a primeira coletânea de David Bowie para a RCA e também a primeira com a intenção de apresentar uma amostra do melhor de seu trabalho (já que The World of David Bowie, que saiu no Brasil como Disco de Ouro, era um conjunto de gravações de começo de carreira para o selo Decca sem um critério de "sucessos" ou "o melhor de"). Em vez de deixar tudo por conta da gravadora, Bowie se envolveu diretamente na preparação do disco, posando para uma sessão de fotos exclusiva. Quem clicou o músico foi o lendário Tom Kelley, famoso por suas imagens de Marilyn Monroe nua sobre veludo vermelho. 
As 11 faixas da compilação omitiam pelo menos uma música obrigatória: "Life on Mars". Essa, incrivelmente, não entraria nem mesmo no "segundo volume", ChangesTwoBowie, de 1981. No Brasil, ChangesOneBowie incluía três faixas que a RCA nunca havia lançado por aqui: "Space Oddity", "Changes" e "John, I'm Only Dancing". Só isso já foi suficiente para atrair os fãs brasileiros. Além disso, muitos de seus outros LPs já haviam saído de catálogo. E não se pode criticar um disco que, além das citadas, tem "Ziggy Stardust", "Suffragette City", "The Jean Genie", "Diamond Dogs", "Rebel Rebel", "Young Americans", "Fame" e "Golden Years". Mas, considerando que as edições dupla e tripla da bem mais completa coletânea Nothing has Changed ainda podem ser conseguidas, essa reedição de ChangesOneBowie só interessa mesmo a colecionadores, pelo valor histórico.

P.S.: Para quem viu o filme "Christiane F.", é esse o disco que Christiane ganha de presente do namorado de sua mãe. Em seguida ela aparece colocando-o entre outros LPs e aí vemos que ela já tinha o álbum. Numa cena posterior, ela está ouvindo "Heroes" num volume muito alto e a mãe reclama. Ela responde dizendo que é o disco que o seu namorado lhe trouxe. Não se sabe se foi erro ou uma mentirinha da personagem, mas "Heroes" não faz parte dessa coletânea. Saiu depois.  

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home