sábado, julho 02, 2016

Sem Facebook

Não sei o que está acontecendo, mas estou sem Facebook. Quer dizer: ele até tenta entrar, mas o carregamento de páginas é tão lento que um dos dois acaba desistindo: ou eu, ou o Firefox. Hoje pela manhã até consegui fazer duas ou três postagens e só. Mesmo assim, em uma delas, eu tive que insistir umas seis vezes, pois segundos depois eu recebia um alerta de que a mensagem não pôde ser enviada. Seguindo uma orientação que encontrei via Google, excluí todos os "cookies" e itens do histórico. Não adiantou. Da última vez que tentei acessar a página, o máximo que apareceu na minha tela, depois de longos minutos, foi essa imagem aí de cima.

Nesta hora lembro de algo que já comentei por aqui, que é o meu ceticismo com relação a consertos. Acredito em Deus, em Jesus Cristo, em espíritos, em paranormais, em pessoas honestas (raras, mas existem), mas cada vez menos acredito em "mandar consertar". Todo o mundo conhece alguém que "sabe tudo" de computador e se oferece para me dar o telefone do milagreiro. No dia 1º de março de 2008, um sábado em que eu estava com meu filho, um desses "especialistas" que cobram por hora técnica esteve em meu antigo apartamento. Não conseguiu consertar nem minha impressora Epson, nem minha conexão à Internet. Depois de fuçar por quase uma hora, ele sentenciou: "Só pode ser o modem!" Saímos na hora para comprar um modem novo. Não resolveu. O "sabe tudo" se desculpou e foi embora sem cobrar um centavo de sua preciosa hora técnica.

Está nos meus planos comprar um computador novo. Eu preferia não ter que fazer isso. Dos três PCs que já tive, este foi o único que adquiri sem fazer concessões. Minha intenção era ter o melhor possível para minhas necessidades. Pois agora este Dell resolveu nem ligar em certos momentos. Fica tentando "dar a partida" como um automóvel sem bateria. Na insistência, acaba pegando. Mas está cada vez menos confiável. De qualquer forma, acho que só conseguirei fazer essa troca de equipamento no mês que vem. Se nesse ínterim o Facebook "voltar" para mim, ótimo. Do contrário, seguirei no meu recesso Facebookeano.

P.S: Aparentemente, meu Facebook normalizou. Vamos ver até quando. 

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home