terça-feira, junho 16, 2015

Antigo amor de David Bowie reaparece finalmente

Superdica do fã brasileiro Alisson Gothz: Hermione Farthingale, o grande amor de David Bowie em 1968, apareceu ontem em Bristol, na Inglaterra, para assistir ao show de Tony Visconti (à direita na foto acima, tirada por Tom Wilcox e publicada no Facebook) e Woody Woodmansey (mais sobre o projeto deles adiante). Ela esteve sumida por mais de 40 anos. Nenhum dos muitos biógrafos de Bowie conseguiu sequer dar informações sobre ela nesse ínterim, muito menos localizá-la. Até que, recentemente, Paul Trynka, autor da biografia "Starman", disse tê-la encontrado e publicou um breve relato em seu site. Também John Hutchinson, que tocou várias vezes com Bowie em começo de carreira, comentou em seu livro que ela teria visitado a exposição "David Bowie is" em Londres, em 2013. Pois tudo indica que ela está saindo aos poucos do anonimato. Quem sabe pode vir por aí uma longa entrevista ou até um livro.
Hermione e David Bowie se conheceram em 1968. Ela era dançarina. Os dois, mais John Hutchinson (o bem da direita, na foto acima), acabaram formando um trio, a que chamaram de Feathers. Com produção do empresário Kenneth Pitt, os Feathers realizaram um filme à frente de seu tempo, incluindo diversos clips e um número de mímica. A intenção era de que fosse exibido na TV inglesa, mas ninguém se interessou. Acabou saindo em vídeo em 1984, pelo valor histórico em razão da fama de David Bowie. Foi lançado em DVD no Brasil, mas está fora de catálogo. À direita de David Bowie, na foto acima, aparece Tony Visconti, o mesmo que posa com Hermione na foto atual já mostrada.

Nunca se soube ao certo por que Hermione quis terminar com David Bowie, mas o fato é que ele ficou arrasado com o rompimento. O empresário Ken Pitt conta em seu livro "A Pitt Report" que a briga feia aconteceu mesmo no dia em que o grupo deveria filmar o clip de "Sell Me a Coat". Ele percebeu o clima pesado quando os dois saíram de casa para a filmagem, depois de longos minutos de espera, e diz que até hoje sente a tensão quando revê a cena em vídeo. A imagem acima dá uma ideia do conflito, pela forma como David olha para Hermione e ela, por sua vez, mostra uma fisionomia sisuda. Assistam ao trecho abaixo e observem entre 1:00 e 1:10. Quando David canta "not like before" e sacode a cabeça, transmite um sofrimento muito real.
David Bowie não fez muitas canções de amor em sua carreira e as poucas que gravou mais parecem encenações. No entanto, em duas delas, o músico deixou seu coração sangrar abertamente: "Letter to Hermione" e "An Occasional Dream". Elas estão em seu segundo LP, de 1969. Nessa época, Bowie já estava com sua primeira esposa, Angie, mesmo assim fez questão de incluir as duas composições no disco. E o fato de ter dado à primeira o título de "carta para Hermione" não deixava dúvidas sobre a destinatária da mensagem. Em 27 de abril de 1999, num chat moderado com o próprio Bowie na saudosa BowieNet, eu lancei a pergunta: que fim levou Hermione? Ele respondeu, com um toque de ironia: "No final de 1969 ela foi embora com outro dançarino, um homem, devo dizer, o que aparentemente não durou por muito tempo. Depois ela conheceu um antropólogo, eles se casaram e foram morar em Irian Jaya, onde ela passava o tempo fazendo mapas da selva. Obviamente pensando em mim na estrada. Não tenho nem ideia de onde ela está agora."
O baixista e produtor Tony Visconti e o baterista Woody Woodmansey trabalharam com David Bowie em momentos diferentes da carreira do cantor, mas houve uma breve sobreposição: o álbum The Man Who Sold The World, em 1970. Ali, Tony foi o baixista e Woody, o baterista. Pois os dois formaram um grupo para tocar o disco todo ao vivo. Já saiu até um CD de uma das apresentações. Foi num desses shows que Hermione foi ao encontro deles. De certa forma, a participação de Tony Visconti nessa empreitada é um presente aos demais membros da banda, pois a carreira dele decolou bem mais alto do que a de Woody ou qualquer outro músico do projeto. Cliquem aqui para conhecer a página do Facebook criada para divulgar a turnê.

1 Comments:

Blogger vicveras said...

As vertentes emblemáticas, históricas e muito criativas de Mestre Bowie.

11:40 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home