sábado, maio 30, 2015

A biografia oficial dos Beatles

Publicado originalmente em 1968, este livro foi meu sonho de consumo por toda a adolescência. Ele teve uma primeira tradução para o português sob o título "A Vida dos Beatles", mas logo saiu de catálogo. Somente aos 18 anos encontrei um exemplar de bolso em inglês e, por sorte, já tinha domínio suficiente do idioma para a leitura. Tempos depois, li uma edição posterior, também na língua de origem.

O jornalista Hunter Davies foi autorizado a escrever a biografia oficial dos Beatles e teve amplo acesso aos protagonistas e coadjuvantes. Testemunhou o processo criativo de Lennon e McCartney compondo "With a Little Help From My Friends" e ouviu em primeira mão músicas que entrariam no Álbum Branco. Seu olhar observador registrou a vida familiar de John com sua primeira esposa Cynthia, já captando os sinais de deterioração. Por outro lado, como sói acontecer com biografias autorizadas, o autor foi bastante censurado. E por isso é fascinante ler as versões atualizadas, com novas introduções e posfácios: o escritor conta os detalhes de bastidores de sua obra, que passou a fazer parte da própria história dos Beatles. Cada nova publicação vem acompanhada de um verdadeiro "making of" antes e depois do texto original. 

Hunter lamenta, por exemplo, não ter podido revelar que o empresário Brian Epstein era homossexual. Como mensagem cifrada, ele apenas usou a palavra "gay" no sentido de alegre para descrevê-lo. A tia de John, Mimi, exerceu forte pressão para que a vida do sobrinho fosse apresentada como a de um menino feliz e de bem com a vida, quando se sabe que ele sempre foi um rebelde. George estava no auge de sua fase mística e queria que suas ideias religiosas ganhassem mais espaço. Na primeira edição após a morte de John, em 1980, o autor incluiu um desabafo de Paul McCartney que teve bastante repercussão, na época. 

Não tenho em mãos este novo volume em português que está sendo lançado pela Best Seller, de forma que não posso comentar a tradução ou mesmo o conteúdo atualizado. Mas não importa: por sua relevância histórica, a obra assinada por Hunter Davies é leitura obrigatória para todos os Beatlemaníacos. Eu próprio, em breve, devo escutar o audiobook em inglês, para mais uma vez revisitar esse texto memorável com todos os seus adendos.

Uma última observação: hoje já não é correto anunciar que essa seja a "única biografia autorizada". Depois dessa teve o livro "Antologia", editado pelos próprios Beatles.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home