sexta-feira, dezembro 24, 2010

Beatles na tela grande para americanos

Um vídeo histórico e pouco conhecido será reexibido 47 anos depois do seu registro. No dia 11 de fevereiro de 2011, o Egyptian Theater de Los Angeles vai mostrar o primeiro show dos Beatles nos Estados Unidos. Não é o filme que os colecionadores já conhecem de cor, mas sim imagens em vídeo-tape quadruplex de duas polegadas nunca mais vistas desde a transmissão original.

O show aconteceu em 11 de fevereiro de 1964 no Washington Coliseum, na capital americana. O grupo se apresentou num improvisado "palco giratório", em que a bateria de Ringo ia sendo reposicionada de tempos em tempos, com os demais músicos acompanhando com seus microfones. Assim, todos da plateia tinham chance de ver os Beatles de frente (ainda que, a maioria, de longe).

Para quem não teve chance de vê-los ao vivo, o show foi gravado em vídeo e transmitido em circuito fechado para diversos cinemas dos Estados Unidos nos dias 14 e 15 de março. Como a apresentação dos Beatles era de apenas meia-hora, o programa foi aumentado com vídeos de Beach Boys e Lesley Gore gravados nos estúdios da NBC em Burbank, Califórnia. Ficou como se estivessem "abrindo" para os Beatles, embora tivessem se apresentado em data e local diferentes.
O vídeo dos Beatles em Washington nunca mais foi mostrado desde a sessão fechada um mês depois do show. As imagens que aparecem em documentários como "Anthology" e "Beatles' First U.S. Visit" são de um filme de 16mm que a maioria dos colecionadores já viu completo em cópias piratas. Aliás, "completo", nesse caso, não se refere ao show, mas ao que o cinegrafista conseguiu registrar. Pois o rolo de filme acabou na metade de "Twist and Shout" e com isso ele perdeu também a última música, "Long Tall Sally".
Pois agora esse momento mágico será resgatado sem cortes, em ângulos diferentes e imagens de excelente qualidade. A exibição em Los Angeles terá como apresentadores o escritor Domenic Priore (autor de "Riot on Sunset Strip: Rock'n'Roll's Last Stand in Hollywood") e os pesquisadores Ron Furmanek (especializado em Beatles e anos 60) e Alan Boyd (especializado em Beach Boys). Por enquanto, não há outras sessões anunciadas, de forma que é um longo caminho até que esse material fantástico chegue ao Brasil. Mas podemos sonhar com um lançamento em DVD. Caso alguém esteja por lá ou pense em ir, os ingressos antecipados podem ser conseguidos via American Cinematheque.
Para a gente ir "babando", segue um trailer incluindo um trecho de "Long Tall Sally", que não aparece no manjado filme de 16mm:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home