domingo, junho 07, 2009

Especial sobre rock gaúcho de 1986

O rock gaúcho estourou nos anos 80 e o programa "RBS Documento" abordou o tema bem no clímax, em fevereiro de 1986. Acima, Fughetti Luz, do Liverpool e do Bixo da Seda, duas raras bandas que marcaram presença respectivamente nos anos 60 e 70.
Outro veterano, Mutuca, divide suas lembranças do tempo do Succo, nos anos 60.

Esse aí é Charles Master, ainda com voz de criança, indo para um ensaio do TNT.

Flávio Basso (hoje Júpiter Maçã) e Nei Van Sória, também do TNT.

Edu K, do De Falla.

Carlos Eduardo Miranda no tempo do Urubu Rei.
Infelizmente, perdi quase todo o primeiro segmento. Cheguei a gravar, mas errei o sistema de cores. Meu saudoso videocassete National duas cabeças passou por várias transcodificações de fundo de quintal, cada uma supostamente melhor do que a outra. Tudo o que eu perguntasse ao técnico, ele dizia que era possível. Mesmo que fossem quatro combinações de sistema de cores numa chave de apenas três posições. Vai daí que, num dos testes, esqueci a chave na posição errada. Assisti ao programa, depois decidi gravar por cima. Bobagem, pois o valor histórico compensa as falhas de cor. Por sorte, sobrou quase tudo. Lembro que a primeira parte começava com Ricardo Barão falando do estúdio da Ipanema.
O "RBS Documento" sempre apresentava uma enquete antes dos comerciais e esse foi um caso raro, talvez o único, em que a pergunta tinha a ver com o tema do programa.


Aqui aparecem Cláudio Vera Cruz, Fughetti Luz e Mutuca, além do apresentador Juarez Malta, o jornalista Juarez Fonseca e o radialista Marcos Fróes.


Neste trecho aparecem Carlinhos Hartlieb, novamente Mutuca, o ator Sapiran Britto, o radialista Ricardo Barão e, mais uma vez, o jornalista Juarez Fonseca.


Na terceira parte, depois de novo depoimento de Eduardo Bueno, o radialista Júlio Fürst lembra o seus tempos de "Mr. Lee" na rádio Continental, em que divulgou músicos gaúchos e promoveu shows coletivos.


Aqui vemos a Banda Trovão (Gélson Schneider, Mitch Marini e Deio Escobar), TNT, Urubu Rei e Garotos da Rua.



Na parte final aparecem De Falla, Voo Livre e Replicantes. De quebra, ouvem-se gravações de roqueiros gaúchos da época, entre elas "Por Que Não", dos Engenheiros do Hawaii, nunca lançada em disco.

2 Comments:

Blogger Ricardo de Sampaio Dagnino said...

Cara, a Sony mandou tirar do ar a parte 3? Explica isso.

Quem em sã consciência iria tirar do ar parte da memória coletiva que você guardou tão bem?

Se tiver como mandar um outro link, agradeço muito.

Abraço

1:02 AM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Não sei se você é o mesmo que já me avisou lá no YouTube. Pra mim continua aparecendo, não sei se é porque fui eu quem postou. A informação que aparece para mim é a de que o vídeo foi proibido "em alguns países". E, na página do YouTube, destacam a música "Born in The USA", de Bruce Springsteen. Deve ser esse o problema.

1:10 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home