terça-feira, abril 25, 2006

Mais uma lenda do Orkut

Se você está no Orkut (ou até se não estiver), já teve ter recebido uma mensagem mais ou menos assim:

"Foi confirmado ontem pela Rede Globo que o Orkut vai passar a ser pago. Exatamente, o Orkut vai ser pago. A única maneira de isso não acontecer é atualizando seu perfil enviando esta mensagem para o máximo de pessoas que puder. Após enviar para umas 15 ou 20 pessoas (o número varia de acordo com o número de amigos), aperte a tecla "F5". O seu perfil estará então atualizado para a versão "Plus" do Orkut (que não é paga). Mas atenção: quem não atualizar seu Orkut ou não inserir uma conta para pagamento terá seu perfil cancelado a partir do início do mês que vem. Atualize seu Orkut o mais rápido possível."

Quando as pessoas estavam talvez começando a ficar espertas sobre o fato de que só a imprensa é confiável para a divulgação de notícias em larga escala, os disseminadores de boatos descobriram uma forma de burlar essa recomendação: basta começar dizendo que "deu na Globo". Pronto! Ninguém quer saber exatamente quando (o que aparece é sempre "ontem", independente da data do e-mail), em que programa e, principalmente, quem viu primeiro. "Deu na Globo" é informação suficiente para validar a autenticidade do alerta.

Engraçado que uma notícia dessas "deu na Globo" mas não foi anunciada no próprio site do Orkut. Como se o teor em si não fosse ridículo o bastante para denunciar sua falsidade. Ora, por que o Orkut desejaria me induzir a enviar uma mensagem "para o maior número de pessoas"? No que isso me tornaria digno de gratuidade? E depois, que história é essa de "inserir uma conta para pagamento"? Desde quando um site ou empresa consegue acessar diretamente a minha conta para efetuar débitos?

Talvez alguns contra-argumentem que não há nada no procedimento indicado que sugira a intenção de lesar, como a execução de um Cavalo de Tróia, por exemplo. Confesso que fiquei curioso para saber o que aconteceria se eu seguisse os passos orientados. Mas, pela lógica, não deve acontecer nada. A menos que algo me escape, esse parece ser um falso alerta sem efeitos nocivos a não ser o de expor a credulidade inesgotável dos internautas. Realmente, a minha mensagem de 1º de abril se mostra cada vez mais pertinente.


A propósito, não quero espalhar pânico, mas a hipótese de outro usuário se apoderar do seu perfil, esta sim, é procedente. Já aconteceu comigo de estar no Orkut e, de repente, a lista de comunidades ser outra muito diferente da minha. Fui ver a página inicial e, batata, eu estava logado com outro perfil. Aconteceu por acaso, como se eu tivesse esbarrado numa "brecha interdimensional" tal qual nos gibis de super-heróis. Não sei se é possível apoderar-se de um perfil premeditadamente, mas de forma acidental, acontece. É um risco que se corre.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home