sábado, setembro 05, 2015

Crase questionável

Ah, os "decoradores de regrinhas"... É uma pena que as pessoas se preocupem tanto em memorizar macetes em vez de entender o que é a crase. Na frase acima, por exemplo, ela não soa bem. Não se costuma usar artigo definido em títulos de matéria. Da forma como a crase foi colocada, parece até que o Papa Francisco estaria se referindo à mãe dele! Isso é intuitivo. Em "Fulano pede ao pai que...", fica subentendido que é o pai dele. Já "Fulano pede a pai solteiro que registre seu filho", por exemplo, a ausência de artigo definido caracteriza a indefinição. Em suma, por mais que os "decoradores de regrinhas" venham afirmar que a frase acima está correta por ser "mãe" uma palavra feminina, eu afirmo que a crase não deveria ocorrer nesse caso. Qual a regra? Não sei dizer. Quem sente a crase (ou ausência dela), percebe o erro.

2 Comments:

Blogger Micael Machado said...

Emílio, no caso, você está com a razão: não deveria haver crase na frase citada.

A grosso modo, pode-se dizer que são três as situações onde deve-se usar crase (e as três devem ser atendidas. Caso uma não seja, não use a crase):

1) Só se usa crase antes de palavra feminina (na frase citada, "mãe" é feminino, então, OK);

2) Só se usa crase quando se substituir a palavra feminina por uma masculina, e o artigo "a" mudar para "ao" (no caso, pode-se trocar "mãe" por "pai", e a frase ficaria "Papa pede A pai solteiro" e não "Papa pede AO pai solteiro". Portanto, primeiro indício de que não se deve usar crase);

3) Só se usa crase quando se pode substituir o artigo "a" por "para a", "na", "pela" ou "da" (no caso, a modificação que ficaria mais adequada seria "Papa pede PARA mãe solteira". "Papa pede PARA A mãe solteira", "Papa pede NA A mãe solteira", "Papa pede PELA mãe solteira" ou "Papa pede DA mãe solteira" não são adequadas).

Como vimos, duas situações não foram atendidas, então, não se deve usar a crase.

No mais, crase é um assunto complicado mesmo, mas vale a regra do bom senso: é menos "feio" precisar da crase e você não colocar do que não precisar e você utilizar. portanto, na dúvida, não use a crase. Sempre!

11:36 AM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Boas dicas, Micael, obrigado. Apenas acho que, para quem tem dificuldade, tem uma situação aí que é bastante sutil e nem todos captariam. É o fato de que NÃO se usaria o artigo definido nessa frase. Na sua explicação, você presume que todos vão perceber que não se usa artigo, no caso. Mas alguns poderiam questionar: "Por que não se pode dizer AO pai solteiro? Onde está o erro?" É aí que os "decoradores de regrinhas" caem em armadilhas. Já apontei vários outros casos de crase indevida aqui no Blog que se enquadram exatamente nesse exemplo: palavra feminina, porém não antecedida de artigo na frase específica.

4:29 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home