segunda-feira, junho 03, 2013

Colabore com o novo CD de Nei Lisboa

Sou fã do gaúcho Nei Lisboa desde o Musipuc de 1980, em que ele concorreu com "Pra Viajar no Cosmos Não Precisa Gasolina", "Doody II" e outras. E ainda assim cheguei atrasado, pois no ano anterior ele havia montado o histórico show "Deu Pra Ti Anos 70", que acabou inspirando um Super-8 de longa metragem e também uma das mais conhecidas músicas de Kleiton e Kledir. Pra mim, Nei Lisboa é o maior solista gaúcho da virada do milênio. Merecia ser, no mínimo, tão famoso no resto do Brasil quanto Adriana Calcanhoto ou os Engenheiros do Hawaii. Por sinal, quando os Engenheiros lançaram seu primeiro LP em 1986, o Longe Demais das Capitais, Nei participou na faixa de maior sucesso, "Toda a Forma de Poder". É dele a voz mais aguda que canta "toda a forma de poder é uma forma de morrer por nada, iê iê..." Como já tinha dois discos lançados, era ele quem dava uma força à banda estreante.

Nei financiou seu primeiro álbum em 1983 com a venda de bônus de encomenda antecipada, aproveitando uma ideia posta em prática em 1981 por Nélson Coelho de Castro (que por sua vez seguiu a sugestão de Luciano Alabarse, que usara o método para o lançamento de um livro). Embora ainda não existisse o termo, os três foram pioneiros do que hoje se chama de crowdfunding. Pois 30 anos depois, Nei volta a usar o mesmo recurso, desta vez aproveitando as facilidades hoje disponíveis na Internet. Se quiser encomendar algum dos pacotes que ele está oferecendo para a reserva antecipada de seu novo CD A Vida Inteira, é só clicar aqui. Tem muita coisa legal ali, vale a pena escolher com calma. Eu já comprei o meu com direito a um DVD raríssimo que não havia sido vendido nas lojas. Faltam 32 dias para Nei cumprir sua meta. Como antigo incentivador do artista, eu conclamo a todos a prestigiá-lo nessa empreitada.  


Veja também:

Elefantes Não Esquecem (Especial da RBS TV de 1991)
Nei Lisboa em 1980  
Nei Lisboa e os anos 80
A origem do "Deu Pra Ti" 

1 Comments:

Blogger Teo said...

Grande Nei Lisboa... acompanho a carreira dele, ao longe, desde o primeiro disco. Tenho todos os CDs e só me arrependo de me ter desfeito dos LPs, pois o primeiro seria uma relíquia hoje em dia. Quando saiu o álbum Relogios de Sol eu estava de férias em PoA, o que foi uma sorte fantástica e me permitiu assistir ao show dele no S. Pedro e conseguir uma foto, um autógrafo e um papinho de 5 min. Comentei com ele que morava no Porto, em Portugal, onde tinha nascido e ele achou interessante a coincidência porque as fotos da capa e contracapa desse disco foram obtidas numa casa AQUI, no Porto. Há coisas assim... Obrigado Emílio, pela dica do novo disco, vou dar um jeito de contribuir também. :-)

4:51 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home