quinta-feira, setembro 01, 2011

Caixa azul do Genesis

Aproveitei minha ida ao centro também para uma "pequena" compra. Após uma investigação internética, concluí que a única "caixa azul" do Genesis ainda lacrada à venda no Brasil era a de uma loja de Porto Alegre. Resolvi passar lá e levá-la logo antes que um aventureiro lançasse mão dela. Este item importado está fora de catálogo e as lojas do Amazon Marketplace que o oferecem não enviam para fora dos Estados Unidos. Ou melhor: uma loja alemã até envia, mas está pedindo "apenas" 714 dólares pelo produto! Eu não paguei tudo isso. Ah, outro detalhe: coloquei a caixa sobre a mesa apenas para tirar a foto. Ela não vai ficar ali permanentemente! (Para entender o porquê dessa observação, clique aqui.)

3 Comments:

Blogger Beth said...

Mesmo gostando de todos os boxes e fases, este é o meu xodó provavelmente por ter sido o primeiro que saiu (e que eu comprei). A primeira vez que assisti aos extras do Wind & Wuthering, vendo os olhos do Tony Banks brilhando falando do seu (e meu) filho predileto, foi impossível não chorar...

Dessa série de boxes, ainda me falta o Live (de CDs). O único que comprei aqui (em SP), foi na Galeria do Rock, o box 1983-1998, por R$500 e alguma coisa, dividi em 3x. Os outros, tive a sorte de sempre ter alguém viajando pra fora e trazendo pra mim, mas só dá pra pedir se for alguém muito íntimo, né... porque eles são pesadinhos.

9:15 PM  
Blogger Emilio Pacheco said...

Eu só tinha a caixa verde, a do Peter Gabriel, que era a que eu mais queria. Agora tenho essa também. As outras, vou comprar aos poucos. Ainda têm as caixas "Immersion" do Pink Floyd que vão sair no final do ano... Depois tem gente que não entende por que eu não guardo dinheiro...

9:44 PM  
Blogger Emilio Pacheco said...

É curioso que, quando um grupo perde um integrante atuante, geralmente o primeiro disco sem aquele integrante ainda traz as "marcas" dele. Depois é que, aos poucos, o grupo evolui para um estilo novo. O "A Trick of The Tail" é o meu disco preferido da fase sem Peter Gabriel, talvez por ser aquele em que o "espírito" dele ainda estava presente. Também o "Nunca", de Sá & Guarabyra, tem várias músicas que parecem ser do Zé Rodrix, em especial "Divina Decadência" e "Verão do Cometa".

6:09 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home