sexta-feira, maio 07, 2010

Mais um conto da Internet

Circula pela Internet a seguinte notícia, com foto e tudo (vou copiar o texto como o recebi, sem alterar nada):

Um casal branco americano teve um bebê negro e a mulher diz que engravidou assistindo a um filme pornô 3D. O pai da criança, o soldado Erick Jhonson, estava há um ano servindo numa base militar no Iraque e, quando voltou para casa encontrou um bebê negro. Sua mulher, Jennifer Stweart, de 38 anos, disse a ele que a criança foi concebida enquanto ela assistia a um filme pornô em três dimensões.

"Não vejo porque desconfiar dela. Os filmes em 3 D são muito reais. Com a tecnologia de hoje tudo é possível", disse Erick, que registrou a criança.

Jennifer afirmou que foi a um cinema pornô com as amigas em Nova York. Ela conta que não costuma assistir a filmes pornôs e que só foi dessa vez para ver como ficavam os efeitos em 3D. A criança, segundo ela, se parece com o ator negro do filme. "Um mês depois de ver o filme eu comecei a sentir enjôos e o resultado está aí. Vou processar o cinema e os produtores. Ainda bem que meu marido acreditou em mim. Meu casamento podia estar em risco. Mas ele sabe que eu sou fiel", disse.

Bem criativa a história. Mas é falsa. Não, não me refiro ao depoimento da esposa. Tudo é falso. Não aconteceu esse relato e as pessoas citadas provavelmente não existem. Até porque a grafia está incorreta: o certo seria Johnson, não Jhonson. Stewart, não Stweart. E o mau uso do "porque" (o certo seria "não vejo por que") é indício de que o texto em português não vem de fonte confiável. Tentei localizar a notícia original em inglês, mas não apareceu nada. Logo, as pessoas que estão rindo do marido por acreditar na justificativa da esposa deveriam rir é de si mesmas por cair em mais um conto da Internet.

P.S.: Foi confirmado que se trata de uma brincadeira divulgada pelo site Sensacionalista, que até já se desculpou pelo mal entendido. Mas gostei do slogan deles: "um jornal isento de verdade". Bela sacada de duplo sentido.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home