domingo, janeiro 17, 2010

Filmes e DVD

Hoje, finalmente, assisti ao DVD do "Viva o Gordo". Fiquei surpreso com a quantidade de personagens do Jô Soares que eu não conhecia. De fato, eu não tinha o hábito de ver televisão (aliás, não tenho até hoje) e perdi muita coisa. Mas a seleção dos "melhores momentos" do programa é bem representativa. E serve também como registro do momento histórico vivido pelo Brasil entre 1981 e 1987: a anistia, a transição do governo militar (Figueiredo) para civil (Sarney), a tributação dos supérfluos, o surto de conjuntivite em 1984, a inflação galopante, o Plano Cruzado, o congelamento de preços, a Constituinte e as Copas de 1982 e 1986. Valeria a pena não só lançar um segundo volume como também resgatar outro programa humorístico importante da Globo, o antecessor "Planeta dos Homens". Ali havia outros grandes personagens de Jô e também de Agildo Ribeiro. Por fim, reitero a sugestão de que o SBT faça um lançamento semelhante com o "Veja o Gordo". Quero rever os impagáveis Washington e Jefferson, os encanadores eruditos!

No cinema, duas sessões: "Lula, o Filho do Brasil" e "Sherlock Holmes". O primeiro, abstraindo-se os interesses eleitoreiros e "lobísticos" (ou "cordeirísticos"), é até um filme bem feito. Só me decepcionei com o fato de ir apenas até a morte da mãe de Lula em 1980, quando o então líder sindical estava preso. A história estava apenas começando e o filme terminou. A continuação talvez seja filmada daqui a algumas décadas. Espero que tenha um final feliz. Já o Sherlock mais parecia um Indiana Jones. Se estiver curioso, confira, mas continue preferindo os livros. O filme não captou o espírito do personagem.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home