quarta-feira, janeiro 13, 2010

Digitalizando vinil

Hoje coloquei em prática um antigo plano. Há tempos venho pensando em digitalizar meus vinis usando o gravador de DVD de mesa Pioneer. Não é o ideal, mas é o que eu tenho, por enquanto. Meu toca-disco de vinil Aiwa é bem simples, mas tem um recurso precioso: um chaveamento interno para que possa ser conectado diretamente a qualquer entrada "Aux" (auxiliar), e não "Phono", como seria o usual. Nem todos os aparelhos possuem entrada Phono, atualmente. Então conectei as saídas diretamente em uma das entradas de áudio do gravador de DVD. Primeiro ele faz a gravação para o HD. Depois faço a edição, cortando os "babados", e passo o áudio para um DVD (infelizmente o gravador de DVD não grava em CD). Ou posso deixar os cortes para a etapa seguinte. No computador, uso o Ulead Video Studio para extrair o áudio e fazer o que eu quiser com ele - passar para mp3 ou gravar em CD, por exemplo. Complicado? Talvez, mas muito divertido. E como estou para receber uns compactos bem raros de músicos gaúchos, vou ter bastante ocupação nos próximos dias. Como se eu estivesse com muito tempo livre... Mas, para o que se gosta, sempre se dá um jeito. Ou quase sempre (meus livros que o digam).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home