sexta-feira, janeiro 12, 2018

Ruy

A lembrança mais marcante de Ruy Farias, pra mim, foi a de um show do MPB-4 em Porto Alegre, no final de 1980, no Teatro Leopoldina. Minha motivação maior para estar lá, confesso, era conferir a participação especial de Kleiton e Kledir, que tinham acabado de lançar seu primeiro LP como dupla. Naquele ano havia falecido o compositor Sidney Miller. Em homenagem a ele, num momento solo, Ruy cantou "Pois é, Pra quê", acompanhando-se ao violão. Foi lindo. 

Ruy morreu ontem, aos 80 anos. Ele tinha saído do MPB-4 em 2004 e fez shows em 2017 com o grupo CyB4, que tinha também Cyva, Cynara (fundadoras do Quarteto em Cy) e Chico Farias (filho de Ruy e Cynara). É o segundo integrante original do MPB-4 a falecer. O primeiro foi Magro, em 2012, como registrei aqui.

1 Comments:

Blogger José Elesbán said...

O tempo voa mesmo. Já se passaram cinco anos do falecimento do Magro.

8:28 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home