quinta-feira, julho 17, 2014

Boa noite

Ontem eu estava relendo o texto "Maus Perdedores", que publiquei em 2006. Ali eu comentava sobre como o nossa torcida era impiedosa quando a Seleção não ganhava a Copa. Como se tivesse obrigação de vencer. Ou como se o desempenho tivesse sido vergonhoso ou desastroso. Ironicamente, neste ano, em que a Copa foi justamente no Brasil, o time brasileiro realmente deu vexame. Ou seja, se o povo estiver revoltado desta vez, não será sem motivo. Nossa equipe não tinha obrigação de vencer, como sempre. Mas deveria ter mostrado empenho, garra, força de vontade. Não aconteceu nada disso. Já falei que eu achava que o Brasil iria vencer a Copa de qualquer jeito. Pois agora eu me pergunto se os próprios jogadores não pensavam algo assim. Que de alguma forma o caminho para o hexa seria facilitado. Espero que todos tirem uma boa lição desse desastre.
-*-
Os cinemas da rede Cinemark estão reexibindo filmes antigos em cópia nova. Ainda não pude prestigiar nenhuma dessas sessões, mas pretendo fazê-lo assim que conseguir. Aplaudo de pé a iniciativa. Houve uma época, no tempo das horrorosas fitas piratas em VHS, que muita gente estava deixando de ir ao cinema. Pois hoje, em plena era do Blu-ray e do home theater, redescobre-se a experiência inigualável de assistir a clássicos na tela grande. Viva! Parabéns, Cinemark!
-*-
Pelo que andei vendo, saíram mais relançamentos em CD (no exterior) de gravações originais da orquestra de Billy Vaughn na DOT (lançadas no Brasil pela RGE). Alguns álbuns são repetidos em relação a CDs anteriores, mesmo assim merecem atenção. Algum selo nacional se habilita a editá-los?
-*-
E o Orkut está mesmo com os dias contados. Uma pena. Eu gostava mais de lá do que do Facebook. Só mudei para acompanhar a "corrente migratória".
-*-
Meu audiobook do momento é "All Shook Up: How Rock'n'Roll Changed America", de Glenn C. Altschuler, narrado por Jack Garrett. O som do meu carro não é compatível com Ipod, mas pela entrada auxiliar é possível alimentar qualquer fonte de áudio. E assim consigo ouvir os livros enquanto dirijo, quando estou sozinho. E nas caminhadas também, claro. Sempre. A propósito, foi lançada em português no Brasil a biografia do ABBA de Carl Magnus Palm. Recomendo.
-*-
Obrigado a vocês que continuam "batendo o ponto" aqui no Blog mesmo em momentos de poucas postagens. Alguns IPs eu já reconheço pela constância, embora não tenha certeza de quem sejam. Não importa. É bom saber que vocês vêm sempre aqui. No mês que vem o Blog vai completar dez anos. Passou rápido, hein?
-*-
Boa sexta-feira e bom fim-de-semana!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home