segunda-feira, agosto 15, 2011

Ipanema FM

Agora estou sem tempo, mas depois quero escrever com calma sobre a morte da Ipanema FM como a conhecíamos. E o quanto essa rádio foi importante para mim. A partir de hoje, a Ipanema é uma emissora brega. Podiam ao menos ter mudado o nome, em respeito ao que a antiga Ipanema representou em Porto Alegre.

P.S.: Conforme já previa (ou sabia?) o Vitor nos comentários, tudo não passou de uma jogada de marketing. Tem gente que está fula por isso. Cadê o espírito esportivo? Eu achei sensacional! E, confesso, caí como um patinho. Serve para que os antigos ouvintes da rádio, como eu, voltem a escutá-la.

Isso me lembra de dois fatos. Um deles foi quando a Coca-Cola mudou seu sabor nos Estados Unidos em 1985. A revolta foi tanta que eles acabaram trazendo de volta a antiga fórmula sob o nome "Classic Coke". O outro foi aquela campanha publicitária do garoto Bombril, que "perdeu a boquinha". Aquilo obviamente era planejado, mesmo assim teve gente que acreditou. Como o estagiário que entrevistou o ator Carlos Moreno para a revista gaúcha Press Advertising (como comentei aqui).

Ufa! Habemus Ipanema! Ainda!

3 Comments:

Anonymous Vitor said...

A Ipanema não morreu, Emilio. Ela apenas resolveu apostar numa perigosa estratégia de marketing viral. Funcionou! Ninguém fala em outra coisa em Porto Alegre, e em poucas horas eles vão voltar à programação normal, ou talvez com nova programação, mas no estilo Ipanema. Pode guardar teu terno de enterro, a Ipanema está viva. Agora, o profissional de Marketing que bolou esta ideia corre risco. Se os ipanêmicos pegam ele na rua, vai ter que correr para salvar a pele...

3:40 PM  
Anonymous Vitor said...

Provavelmente esta ação da Ipanema foi inspirada também no case do chocolate Rom, premiado em Cannes este ano. Vale a pena ver o case e o vídeo:

A estratégia promocional “American Rom” quis desafiar o orgulho nacional da Romênia, ao mudar a embalagem do produto para as formas da bandeira norte-americana. O chocolate da Rom é considerado um orgulho nacional, e muita gente odiou a iniciativa. Quando o fato já havia afetado a opinião pública, especialmente nas mídias sociais, o anunciante revelou que se tratava de uma brincadeira. No final das contas, o orgulho de ser romeno prevaleceu e a marca conseguiu canalizar isso a seu favor. Apesar do risco que correu, a marca atingiu ótimos resultados e segue sendo a barra de chocolate favorita de 80% dos romenos.

http://www.youtube.com/watch?v=fvKVqi9oxGY

10:13 PM  
Blogger zealfredo said...

Mudando de saco para mala, e voltando a Esses Cabides Vazios, o impressionante para mim é que eu não conhecia a música.
Bela música por sinal.

11:48 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home