domingo, abril 12, 2009

Caetano e Bowie

Nem os fãs de David Bowie escapam do estereótipo do "torcedor fanático e intransigente". Caetano Veloso comentou no blog dele que, em 1970, quando estava em Londres, foi apresentado a Bowie por Ralph Mace, músico que produziu discos de Caetano e Gil na Inglaterra e tocou teclados no LP "The Man Who Sold The World", de David Bowie. Ralph teria sugerido que os dois trabalhassem juntos, mas Caetano disse que não gostou do show e "não tinha vontade nenhuma de trabalhar com aquele cara". Um jornalista do Globo ainda colocou lenha na fogueira usando a afirmação de Caetano como gancho para uma matéria intitulada: "Caetano conta que esnobou parceria com Bowie nos anos 70". Pronto: lá estão os fãs de Bowie ofendendo Caetano com aquele discurso típico de "tiete ultrajada". Qual o problema de Caetano não querer uma parceria com Bowie em 1970? E o que há de "esnobação" nisso, considerando que o músico inglês ainda lutava pelo reconhecimento e tinha apenas uma música de sucesso ("Space Oddity")? Como é fácil exaltar fanático. Ninguém lê com calma, ninguém pondera. Qualquer afirmação remotamente polêmica é suficiente para fazer a turma pegar em armas. Quem me conhece sabe que nem a mãe de David Bowie era mais fã dele do que eu. Mas nem por isso perdi meu bom senso.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home