segunda-feira, novembro 24, 2008

Plano fidelidade

Estou começando a achar que minha fama de impaciente procede. Por exemplo: agora são 3 e 20 da manhã de segunda-feira e meu acesso 3G está funcionando sem problemas aqui em São Leopoldo. Não sei por que fico tão furioso quando o sinal resolve falhar às 8 da noite, por exemplo. Será que é porque é quando eu mais preciso de acesso à Internet? Ou ainda porque o acesso contratado é 24 horas? Eu sou chato, mesmo!

Falando sério, fiquei estarrecido com o que vi no Orkut. Existe uma comunidade só para chorar as mágoas em relação a esse serviço. E existe, sim, um "plano fidelidade" que impõe uma multa pesada para quem resolver sair antes. Só que tem gente lá contando os meses numa agonia sem fim, como se estivesse cumprindo pena ou pagando uma dívida. Nem uma coisa, nem outra: somos contratantes de um serviço. Se estamos insatisfeitos, deveríamos ter o direito de cancelá-lo a qualquer momento, sem pagar multa, com ou sem "plano fidelidade". Afinal, empresa que trabalha bem não fica com medo de perder clientes, não é mesmo? No fim, a gente acaba desconfiando que o "plano fidelidade" é na verdade uma armadilha. Como eles sabem que você vai se decepcionar, dão um jeito de segurá-lo na marra. Eu nem lembro se existia "plano fidelidade" quando contratei meu primeiro acesso à Internet. Só sei que estou com o mesmo provedor de e-mail desde 1996 e não pretendo mudar. Nunca me deixei atrair pelo canto de sereia dos concorrentes, com suas criativas e onipresentes peças publicitárias. Mas o 3G, pelo que vejo, está decepcionando a todos.

Há que se tomar alguma providência. Se o serviço é ruim, não há "plano fidelidade" que nos segure. Afinal, "fidelidade" também deveria incluir a prestação de um bom serviço, como oferecido. E não é o que se constata.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home